Topo1Topo2Topo3

Visita ao 7° BIB


No dia 10 de Agosto os alunos do 5° e 6° ano puderam realizar um passeio de estudos para ao 7° Batalhão de Infantaria Blindado “Regimento Gomes Carneiro” localizado na cidade de Santa Cruz do Sul.

 

Na visita os alunos foram recepcionados pelo Sargento Ricardo e por alguns saldados que receberam os estudantes e que ficaram responsáveis por conduzir o grupo pelo quartel.

 

A banda fez uma bela apresentação para os alunos que deixou todos encantados.

 

Após este momento, os alunos puderam conhecer os Blindados,os veículos oficiais e a quadra atlética do quartel (conhecendo os equipamentos para atividades físicas e a pista de heptatlo e decatlo militar).

 

Em seguida, realizaram uma atividade de Orientação no espaço com o uso de bússola que foi ministrada pelo grupo de soldados do quartel.

 

Pudemos também, conhecer os alojamentos e os batalhões, o pátio de formatura, o rancho e o memorial.

 

A tarde foi repleta de conhecimentos e muito divertida, uma ótima oportunidade para nossos alunos.

 

Um pouco da História do Batalhão:

A origem do atual 7° Batalhão de Infantaria Blindado (7° BIB)remonta a 01 de agosto de 1631, com a criação do Terço (Novo) da Guarnição da Praça da Bahia, unidade formada para a defesa da Colônia contra os estrangeiros, principalmente os holandeses. Além de ser a OM com a origem mais antiga da 6ª Brigada de Infantaria Blindada (6ª Bda Inf Bld), o atual 7° BIBtraz consigo o elevadíssimo significado histórico de ser um dos sucessores do Terço Novo, o qual foi um dos embriões do Exército Brasileiro, estando assim imbuído do sentimento nativista que fez despertar o exacerbado espírito de nacionalidade mantido até hoje e sempre. Além do Terço Novo, os demais antecessores do 7º foram o Regimento de Infantaria de Linha de Santa Catarina(RI Lin/SC), criado em 1772, o Regimento de Infantaria de Linha do Maranhão (RILin/MA), criado também em 1772 e a Companhia de Caçadores da Paraíba (CiaCç/PB), criada em 1842. O Terço Novo, o RI Lin/SC, o RI Lin/MA e a Cia Cç/PB,através de sucessivas transformações e fusões geraram, até 1908, os três batalhões (19º, 20º e 21º), que deram origem, a 04 Jun 1908, ao 7º Regimento de infantaria (7º RI).

Dos heróicos passados de lutas das unidades formadoras do nosso 7° BIB, destacamos o 17° Batalhão de Caçadores(17° BC), que participou da vitoriosa Guerra da Tríplice Aliança contra o Paraguai, de 1865 a 70, o qual marcou sua presença, entre outras batalhas, na Campanha da Cordilheira e em Peribebuí (12 Ago 69). Ao final da guerra o 17°BC recebeu a importante missão de permanecer no Paraguai, fazendo parte da Força de Ocupação. Mais tarde, em 1894, durante a Revolução Federalista, o 17°BC destacou-se no episódio conhecido como o Cerco da Lapa (PR-16 Jan/11 Fev), de resistência aos revolucionários, onde glorificou-se o então Cel Ernesto Gomes Carneiro, hoje Patrono do 7°BIB. Na luta contra a Revolta do Contestado,ocorrida no Paraná e Santa Catarina, no período 1912/16, foi destaque o então 7°RI. Em 1924, participou da luta contra a Coluna Miguel Costa-Prestes. Em1 930, a favor da denominada Revolução de 30. Em 1932, contra a Revolução Constitucionalista de São Paulo. Em 1943, contribuiu com 98 homens para a formação da Força Expedicionária Brasileira (FEB), que cobriu-se de glória na Itália, durante a 2ª Guerra Mundial. Em 1946, por decreto do Presidente Eurico Gaspar Dutra, o 7° RI recebeu a Denominação Histórica de REGIMENTO GOMES CARNEIRO, justa homenagem ao Cmt do então 17° BC no Cerco da Lapa, que lá tombou no cumprimento do dever. No ano seguinte (1947), o Regimento Gomes Carneiro recebeu o respectivo Estandarte Histórico, cuja heráldica espelha a atuação e o sacrifício do Patrono na Lapa. Em 1964, ao eclodir o movimento Contra-Revolucionário, o 7° colocou-se ao lado das forças da lei e da ordem para a vitória da Revolução de 31 de Março. Em 1970, é transformado em 7°Batalhão de Infantaria (7° BI), continuando a honrar as tradições de seus antecessores. Dois anos depois, em 1972, passou a denominar-se 7° Batalhão de Infantaria Blindado, com o recebimento e incorporação das Viaturas Blindadas de Transporte de Pessoal (VBTP) tipo M 113. Nova fase de sua existência tem início com essa transformação. O velho "Pé-de-Poeira" passa a falar mais alto e mais forte com o ronco dos motores, com a impetuosidade de suas viaturas e com a potência irresistível de seu choque avassalador.

            Em 1988, o 7° BIB passou a ocupar suas novas e modernas instalações na região de Boi Morto, junto ao Campo de Instrução de Santa Maria. Entretanto, deverá permanecer sempre na memória de seus integrantes o "Antigo Quartel",que hoje é sede do Comando da 6ª Bda Inf Bld. Como homenagem ao desempenho do 7°BC na Guerra do Paraguai e no Cerco da Lapa, o 7° BIB conservou o 14 de maio como data de seu aniversário.

Em 2005, o 7º BIB foi transferido para a cidade de Santa Cruz do Sul, ocupando as instalações do antigo 8º BIMtz,onde procura manter as tradições e a operacionalidade que foram conquistadas por todos os seus integrantes ao longo de sua história.

Por Márcia Goetze 
28 Agosto 2017 - 08h 49
91 
Visualizações

Mais Lidas

Dia 23 de Fevereiro – retorno às aulas

Alunos da NEB na 2ª e 3ª Fase da Olimpíada Escolar

Escola Normélio comemora 27 anos

Início do Ano Letivo 2015

Passeio de Estudos sobre Água

Páscoa na Escola

Alunos do 7º, 8º e 9º Ano visitam a 15º Expoagro Afubra

Alunos do 6º e 7º Ano visitam a Mostra de objetos de tortura da Idade Média